Subluxação do ombro: instabilidade na articulação

Na subluxação do ombro, os problemas podem ser causados se a articulação instável do ombro desliza para trás e/ou para frente sobre a articulação, embora a luxação não seja total.

A lesão não é incomum entre os halterofilistas, nos que chegam muito perto dos jogadores de hockey sobre o gelo, jogadores de handebol, voleibol, basquete e futebol americano, em arremessadores e em esportes com raquetes. O deslizamento da articulação pode causar dor durante e após a atividade esportiva. O atleta machucado frequentemente sente “como se o ombro tivesse quase saído para fora da articulação”.

Sintomas e Diagnóstico

  • Dor na articulação do ombro durante e após o exercício.
  • Uma sensação de luxação, quando o braço é levantado acima do plano horizontal.
  • O diagnóstico pode ser feito com ajuda do “teste de apreensão”. Em casos de instabilidade anterior da articulação, o atleta deita-se e seu braço é movido para fora (abdução), ao mesmo tempo em que é vigorosamente girado na mesma direção. Desta maneira, a cabeça do úmero é levantado para a frente em seu soquete, e o atleta machucado sente desconforto e algumas vezes dor. Em casos de instabilidade posterior da articulação, o braço do paciente é girado para dentro.
  • Um exame radiológico pode confirmar o diagnóstico, ao mostrar alterações ósseas ao longo da borda anterior da articulação em soquete. Os raios X contrastados podem fornecer maior suporte para o diagnóstico.
  • A artroscopia da articulação pode ter validade.

Tratamento

O atleta deve: melhorar o funcionamento da articulação com exercícios ativos de força.

O médico deve: operar em casos de problemas prolongados.

Enviado por: L. Peterson; P. Renström

Deixe um comentário