RPG para atletas

Publicado em 5 de dezembro de 2014

“A importância do RPG no desempenho do atleta.” (RPG para atletas)

A fisioterapia iniciou dentro do esporte com o objetivo de tratar lesões adquiridas pelos atletas durante os treinamentos e competições. Porém, com o desenvolvimento de novas técnicas e protocolos, a fisioterapia passou a ter um papel fundamental na prevenção dessas lesões.

RPG para atletas

RPG para atletas

De acordo com a minha experiência de 2 anos na clínica Dr. Fisio com atletas de diferentes modalidades, a RPG (Reeducação Postural Global) é muito utilizada como uma forma de prevenção de lesões e conscientização corporal de atletas, que apresentam em comum uma carga de treinamento acentuada. Entre eles temos, nadadores, triatletas e maratonistas principalmente.

A maioria dos atletas que procuram os serviços de um fisioterapeuta, relata alguma dor que limita o treinamento. Geralmente a dor pode ser tratada e o atleta volta ao treinamento. Porém em um curto espaço de tempo esse mesmo atleta retornava ao consultório com a mesma queixa.

Dessa forma, a RPG possibilita um trabalho onde ao mesmo tempo que a dor é tratada, o corpo também ganha um cuidado especial.

A RPG é uma ferramenta importante na prevenção das dores e lesões musculoesqueléticas, pois a maioria dessas lesões ocorrem por uma biomecânica irregular.

As principais alterações posturais são: anteriorização de cabeça, protusão de ombros, hiperlordose lombar, rotação interna ou externa de membros inferiores, encurtamento de musculatura posterior de membros inferiores e tornozelo valgo ou varo.

Essas alterações são analisadas durante avaliação no consultório e treinamento de cada atleta. Depois de coletados os dados, é traçado um perfil de cada atleta e iniciado um trabalho com segurança.

O atleta aprende a utilizar toda a sua capacidade pulmonar e manter uma postura mais próxima do ideal, para que durante seus treinos, diferentes grupos musculares trabalhem em harmonia evitando assim desvios posturais e desgastes articulares.

O tratamento leva em média 6 meses dependendo da capacidade de aprendizado de cada atleta e tem como objetivo proporcionar uma melhora na qualidade de treinamento e vida.

enviado por: Dr. Marcos Bastos Silva Jr.

fonte: http://www.treinoonline.com.br/index.asp?pagina=materia.asp?cd_artigo=75&menu=

Deixe uma resposta

Translate »