Hidroterapia

Publicado em 25 de novembro de 2014

A hidrocinesioterapia vem alcançando avanços na área científica e terapêutica procurando sempre melhorar a qualidade de vida dos indivíduos que necessitam de reabilitação social no desenvolvimento biomotor.Quais são os benefícios?

Com técnicas avançadas, a hidrocinesioterapia causa grandes benefícios: melhoria da circulação local, relaxamento muscular, diminuição do espasmo muscular, de dor direta e indireta, de edemas. Além disso, ainda altera as propriedades dos tecidos fibrosos como tendões e ligamentos, favorecendo o processo de alongamento.

Hidroterapia

Hidroterapia

Quem define qual tratamento será realizado, o médico ou o fisioterapeuta responsável pela hidroterapia?
Após a indicação do médico, antes do paciente iniciar um tratamento hidrocinesioterápico, o fisioterapeuta faz uma avaliação. É necessário que exista um protocolo (laudo médico) da lesão ou da patologia para que depois o fisioterapeuta trace a metodologia a ser aplicada. Da mesma forma a alta do paciente é dada tanto pelo médico como pelo fisioterapeuta, conjuntamente.

Quais são as indicações para tratamento hidrocinesioterápico?
Entre outras, as reabilitações de próteses de joelhos, lesões musculares, de meniscos, ligamentos, traumas e problemas neurológicos como AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Como acontece a hidroterapia? São usados aparelhos?
Para que seja realizada a terapia, quando necessário, apenas diante de alguma descompensação de equilíbrio ou de postura, são usadas bóias, flutuadores ou ajustadores.

As técnicas
De acordo com o hidroterapeuta César Armentano, que tem contrato de prestação de serviços com a Unimed Jaboticabal, entre as técnicas utilizadas no tratamento hidrocinesioterápico estão:

Método Halliwick: (baseado nos conhecimentos científicos da hidrodinâmica, hidrostática e mecânica do corpo humano), desenvolvido em 1949, por James McMillan para ensinar pessoas com deficiências. Seu conhecimento o capacitou a entender os problemas com o equilíbrio e movimentos na água dessas pessoas.

Método Bad Ragaz: foi desenvolvido nos anos 30, na cidade de Bad Ragaz, Suíça, incorporou padrões diagonais (Kabat), em 1967. Utiliza as propriedades da água para criar programas de fortalecimento, reeducação muscular global e respiratório, alongamento, relaxamento e inibição de tônus.

Método Feldenkrais: introduz combinação de movimentos pequenos, lentos e suaves resultando na conscientização corporal, alívio de tensões, capacidade de aprendizado sensório-motor e desenvolvimento físico.

Watsu: desenvolvido por Harold Dull, em 1980, quando aplicou seus conhecimentos de Shiatsu ao flutuar as pessoas na piscina aquecida. É uma técnica de relaxamento que associa respiração e mentalização.

Quer saber um excelente local para conhecer o Watsu ? Indicamos dois locais, Juiz de Fora e outro no Rio de Janeiro.

Confira aqui

fonte:http://www.unimedjaboticabal.com.br/saude05.html

Comments are closed.

Translate »