Canabidiol como medicamento está APROVADO

Publicado em 15 de janeiro de 2015

Olá pessoal, finalmente o Canabidiol para uso terapêutico foi liberado!

Muitas famílias respiram hoje aliviadas por poderem importar legalmente e não como criminosos  essa substância para tratamento da epilepsia de seus filhos. Com resultados já comprovadíssimos, essas crianças e adolescentes terão oportunidade de uma melhor qualidade de vida ( desde que a substância seja prescrita pelo médico responsável).

Parabéns Anvisa!

PS: ainda não há evidência de resultados de uso do canabidiol para controle da epilepsia em adultos.

Abaixo um texto sobre o assunto para vocês :)

Grande abraço à todos ,

Luna Petermann (Fisioterapeuta)

 

“Anvisa aprova uso do Canabidiol como medicamento”

Canabidiol como medicamento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou ontem (14), por unanimidade, a reclassificação do Canabidiol (CBD) como medicamento de uso controlado e não mais como substância proibida. Canabidiol como medicamento está APROVADO !

Canabidiol como medicamento está APROVADO

Canabidiol como medicamento está APROVADO

A decisão foi tomada em reunião pública da Diretoria Colegiada da Anvisa. O entendimento dos diretores foi fundamentado nas indicações técnicas de que a substância, isoladamente, não está associada a evidências de dependência, ao mesmo tempo em que diversos estudos científicos recentes têm apontado para possibilidade de uso terapêutico do CBD.

Os diretores também ressaltaram que a reclassificação abre caminho para que as famílias que fazem uso do Canabidiol não continuem a agir na ilegalidade, além da possibilidade para mais pesquisas.

Para o diretor-presidente da Anvisa, Jaime Oliveira, a decisão foi importante porque coloca em discussão técnica/científica um assunto que pode ser influenciado por outras questões da sociedade. “Ficou esclarecido na reunião que esse assunto não pode ser extrapolado para outras discussões que existem sobre o uso da Cannabis”, disse.

Jaime ainda explicou como vai funcionar a licença para a importação e uso do Canabidiol. “A importação continua da mesma forma que vinha sendo feita, mas houve várias medidas de simplificação do procedimento. Hoje a gente consegue avaliar os pedidos em quatro dias. Além disso, foi apreciado uma iniciativa de resolução para tirar a necessidade de autorização excepcional de alguns produtos que já vem sendo importados”, comentou.

Com informações do Portal Brasil

fonte:http://www.crefito3.org.br/dsn/noticias.asp?codnot=1342

Comments are closed.

Translate »