Aplicação do estímulo elétrico transcutâneo e de ondas curtas…

Publicado em 16 de janeiro de 2014

O presente estudo tem como objetivo investigar os efeitos terapêuticos do equipamento TENSYS-875, que produz estimulação elétrica de baixa freqüência, em comparação com ONDAS CURTAS, que produz estimulação elétrica de alta freqüência(calor). A amostra foi constituída de 84 pacientes (15 homens e 69 mulheres), dos quais 47 pacientes do grupo controle TENS e 37 no grupo experimental ONDAS CURTAS. Para a análise dos resultados foi utilizada a técnica estatística de análise de variância (ANOVA), com duas classificações: grupos e seção. Obtém-se o efeito devido ao grupo apresentar um valor F=7.301, com nível crítico de 0,007, sendo portanto, significante. Com respeito á seção não se obteve efeito significante. Para uma melhor confirmação foi realizado o teste não paramétrico de MANN WHITNEY. A estatística U= 13.612 com nível crítico de 0,0019 confirmando a mesma decisão encontrada pela ANOVA. Baseados nesses resultados acredita-se que os tratamentos são estatisticamente diferentes e que a estimulação elétrica é mais eficaz que as ONDAS CURTAS em algumas algias da coluna.

Fonte: Rev. bras. cienc. saude;1(1/3):31-6, jan.-dez. 1997 – Autor(s): Barreto, Juerila Moreira; Silva, Evaleide Diniz de Oliveira da; Ferraz, Lugelza de Sá.

http://www.fisionet.com.br/abstracts_id.asp?id=1326

Comments are closed.

Translate »